Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


prefeitura leva água potável para o interior do município

Publicado em 07/04/2007 às 00:00 - Atualizado em 04/02/2014 às 11:19

 Rede de água vai beneficiar cerca 30 de famílias no interior  

Celso Ramos – Moradores das comunidades de Entre Rios e Lage de Pedra terão água encanada nas suas residências num prazo máximo de 60 dias. A rede de aproximadamente 8,5 mil metros já está sendo construída nas duas localidades e vai atender em torno de 30 propriedades rurais. O investimento  chega perto de R$ 100 mil e está sendo realizado graças a uma parceria da Prefeitura e o Governo Federal, através da Fundação Nacional da Saúde - Funasa.

De acordo com o Prefeito em exercício, Ermínio Surdi, o beneficio, além de melhorar a qualidade de vida das famílias, vai ajudar a mante-las residindo no meio rural. “água potável é um bem do qual necessitamos no nosso dia-a-dia, pois representa vida saudável, e diminui o risco de doenças na população e dessa forma também reflete diretamente  na contenção  de gastos com medicamentos e outros serviços emergenciais na saúde pública municipal”, salientou.

O poço artesiano, com vazão de 12 mil litros de água por hora é considerado apropriado e tem capacidade para atender ainda outras dez famílias, além dessas cadastradas. Segundo o Prefeito em exercício, as obras estão em ritmo acelerado, com a finalidade da rede entrar em funcionamento o mais brevemente possível. “não vemos o momento de inaugurar a obra, pois se tratava de uma antiga reivindicação dos moradores por se tratar de duas comunidades de difícil acesso e bastante distantes do centro da cidade”, ponderou.

A dona de casa Maria Augusta de Souza, moradora de Entre Rios, disse estar satisfeita, vendo a rede chegar até sua casa. “estou muito feliz. Pois achei que jamais na minha vida iria ver uma torneira jorrar água dentro da minha casa”, afirmou a agricultora de 58 anos e há 15 anos morando na comunidade de Entre Rios.

Para ela, será outra realidade de agora em diante. “vou aposentar meus dois baldes, pois não vou mas precisar deles. As coisas vão melhorar de verdade por aqui”, brincou dona Augusta se referindo aos dois baldes de plásticos que utiliza para buscar água numa nascente d’água existente num lugar de difícil acesso e cerca de 250 metros de distancia de sua residência.

   

Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos